Buscar

Reconhecimento de Funcionários: Financeiro e Não-Financeiro

Reconhecer seus colaboradores é essencial para a retenção de talentos. Quando os funcionários se sentem reconhecidos, suas empresas enxergam impactos positivos no clima organizacional e na produtividade. Reconhecimento está bastante ligado à remuneração e, de maneira geral, podemos classificar seus componentes em: remuneração fixa, isto é, o pagamento que o funcionário recebe de maneira regular; remuneração variável, como bônus e participação nos resultados concedidos como recompensa por resultados alcançados e, por fim, os benefícios como férias, transporte subsidiado, refeições subsidiadas etc.


No entanto, há diversas outras maneiras de reconhecimento não financeiras que são muito valorizadas pelos profissionais. Em alguns casos, praticamente nem há custos adicionais envolvidos para as empresas, como por exemplo, permitir que os funcionários trabalhem em horários mais flexíveis. Há pessoas que, se puderem escolher, preferem começar a trabalhar um pouco mais tarde (sabendo que também sairão mais tarde), evitando assim momentos de trânsito mais intenso ou podendo ter uma atividade matinal, como fazer um curso ou ir à academia.


Segundo um estudo da consultoria McKinsey de 2015, empresas com programas de reconhecimento eficazes têm 31% menos demissões voluntárias. Sabemos que turnoverde funcionários pode ser extremamente caro para a empresa. Imagine investir tempo e dinheiro para recrutar, contratar e treinar alguém e depois perder esta pessoa por que ela não se sentiu devidamente reconhecida?


Sugestões de reconhecimento não financeiro que sua empresa pode adotar


1) Não deixe para fazer avaliações positivas somente nos momentos estipulados pelo RH. Reconheça publicamente e premie ideias e iniciativas positivas. Agradeça o empenho.


2) Permita o trabalho em casa ou expedientes mais curtos esporadicamente – quem não gostaria de sair do trabalho mais cedo em uma véspera de feriado? Avise a equipe com antecedência para que as pessoas possam se preparar e aproveitar a oportunidade.


3) Ofereça a seus colaboradores a oportunidade de participar de eventos externos, como workshops e conferências.


4) Avalie a criação de um programa de mentoria em sua empresa.


5) Permita que sua equipe tenha mais autonomia. Isto vai aumentar o sentimento de confiança. Se uma pessoa ainda não lidera uma equipe, permita que esta lidere um projeto ou algumas atividades.


Cada vez mais estudos mostram que a satisfação do colaborador e sua produtividade estão mais ligadas a fatores não financeiros de reconhecimento do que ao salário especificamente. As pessoas querem que suas contribuições sejam notadas. Elas esperam que seu trabalho tenha significado e que este seja explicitamente reconhecido.





0 visualização
botao-whatsapp-no-seu-site-mercadobinari